Pretendo com este blog escrever à minha mãe que tanto tem sofrido comigo. Escrever aquilo que tanto lhe quero dizer, mas falta-me o atrevimento.

.posts recentes

. Obrigada

. "Está bem"

. Para ti... sorrio

. Brevemente

. És o meu tesouro

. Ouve as minhas preces

. Ensinamentos da vida

. Mãe vem ouvir a minha cab...

. Revoltada contigo mãe!!!

. Lição de vida

. Não me controles

. Boa noite

. Quero voltar a ser crianç...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

.links

Terça-feira, 11 de Setembro de 2007

Lição de vida

Desde pequena que te ouço dizer "primeiro nós, nós, nós e depois os outros". Mas sempre achei esta ideia muito egoísta da tua parte, não gostava nada de ouvir isto de ti. Fazia-me pensar que a eras uma pessoa egoísta, que só querias viver em função de ti. Mas li um livro que dizia que o primeiro graveto necessário para atear a fogueira da felicidade é convence-te de que és o ser mais especial jamais criado. Nessa altura fiquei meio desconfiada e continuei com as minhas dúvidas. Este ano, tive um professor catedrático, que adorei, que deu aulas de psicologia e perguntou à turma "quem é para vocês a pessoas mais especial?" houve uma rapariga que respondeu "A minha mãe!". Todos nos rimos e ele respondeu "Não, és Tu" e ficou-me no ouvido. Mais tarde numa conversa privada, a primeira coisa que me diz foi "Lembra-te, a pessoa mais especial deste mundo és Tu!". Nunca mais me esqueço. Aquelas palavras tocaram-me e fizeram-me lembrar-me de ti! Afinal, estavas certa desde sempre e nunca te tinha dado ouvidos! Desculpa mãezinha... Desculpa não ter acreditado em ti, e fazer juízos de valor errado acerca de ti!

 

 

Segurança e amor!


publicado por Aninhas às 22:53

link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De andreia fernandes a 21 de Setembro de 2007 às 22:41
um dia a tua mãe vai gostar muito de ver estes teus textos.como se deve ela sentir perante estas dificuldades...só ela saberá....tal como o teu pai...mas vai poder sentir que nunca te abandonou e que tu sempre soubeste isso.não deve ser nada facil ser mãe ,ser pai.os filhos crescem ...criam a sua dependencia e os pais sentem-se cada vez mais distantes...como se de um estranho se tratasse,o filho deles.hoje eu propia que tenho so mais 5 anos que tu vejo o k cresci desde q saí de casa e fui morar sozinha.cresci imenso e vi o quanto eu exigia dos meus pais.exegia que eles fossem perfeitos que não errasem,que fossem os meus pais...os meus herois...mas eles são gente...são pessoas...são humanos ...também sofrem ...tambem xoram....também sentem...e sentem por vezes que não fizeram o suficiente por nós."filhos";e um dia tu propia vais viver isso...beijos amiga ,tu es forte


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.tags

. todas as tags

.favorito

. Feliz

. Férias

. Para ti... sorrio

. Conclusão da consulta

. Sofrida

. É agora ou nunca

. O lobo

. Mudar de vida

. A vida que eu levo

. Pensamentos contraditório...

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds